sábado, 17 de março de 2012

Dores, Amores e Assemelhados - Claudia Tajes



Olá pessoal!

Sei que estou sumida – já havia feito um post aqui antes avisando o motivo – mas sempre que possível apareço. E como sobrou um tempinho agora, cá estou eu! E como já faz um tempinho também que não resenho sobre algum livro da Claudia Tajes, decidi falar hoje sobre um livro dela que li há pouco tempo atrás.

“Dores, Amores e Assemelhados” é o livro mais diferente que já li dela. Pensei que seria mais um romance sobre uma mulherzinha que nunca se dá bem em nada, mas não. Este livro fala sobre um homem e uma mulher que nunca se dão bem em nada. Adorei, já que na maioria dos livros da Tajes geralmente só as mulheres se dão mal... Nada contra os homens, mas é bom os ver levando a pior só pra variar de vez em quando, né? Haha!

O livro inicia com Júlia dando sua versão sobre seu primeiro encontro com Jonas. Seu olhar sobre ele, suas percepções, suas conclusões, enfim... Tudo. E logo que o capítulo acaba – todos os capítulos são bem curtos, o que facilita a leitura – começa o capítulo de Jonas dando sua versão sobre seu primeiro encontro com Júlia. Muito legal, né?
Confesso que achei isso muito criativo da parte da autora. Não sei se há algum outro livro que tenha sido escrito dessa forma – se houver, me avisem nos comentários, por favor! – mas esse foi o primeiro livro desse tipo que já tive a oportunidade de ler. E confesso que adorei! Seria muito legal se víssemos mais livros assim por aí, mostrando a visão de um homem e de uma mulher sobre um relacionamento, ambos com suas decepções, suas alegrias, suas histórias, seus sucessos, seus fracassos, suas percepções... Diverte analisar as diferentes opiniões e não cansa.

Fica aqui uma ótima dica de leitura. Leve, bem divertida e diferente, que vai diversificar um pouco das suas habituais leituras. Pode não acrescentar nada, mas vale a pena, com certeza.

Ah, e é claro, tem filme sobre esse livro. Mas só de ler a sinopse, eu já senti uma repulsa imensa: não tem absolutamente NADA A VER com o livro! Dá uma conferida:

Júlia tem quase 30 anos, é diretora de uma agência de modelos e solteira há bastante tempo (A Júlia publicitária virou dona de agência de modelos? WTF?). Ela é apaixonada por Jonas, que não quer saber de compromisso e explora uma doceira portuguesa (ÃH? DA ONDE TIRARAM ESSA PORTUGUESA?) com fetiche por lingeries (Cumã?).

Gente, eu estou me segurando pra não soltar palavrão aqui. Da onde tiraram isso? Mudaram completamente a história! A única coisa que não mudaram foram os nomes de Jonas e Júlia. Espero que vocês tenham o bom senso de passar longe deste “filme”.

Beijos e até a próxima!

Um comentário:

  1. Ê Karen, mais um livro indicado por você que me interesse por ler, HSUAHSUAHUHS!
    Achei muito engraçado os seus comentários e concordo plenamente com esse "Nada contra os homens, mas é bom os ver levando a pior só pra variar de vez em quando, né? Haha!" HSUAHUSHUAUHSAHU

    Sacanagem esse filme, deve ser muito diferente, '-'! "Gente, eu estou me segurando pra não soltar palavrão aqui." RISOS, kkkkkkk

    Beijos,
    http://lereconhecer.blogspot.com/

    ResponderExcluir