sábado, 7 de janeiro de 2012

Resenha 2 em 1 - Coleção Holocaust Remembrance: Series For Young Readers


Para desculpar-me de meu sumiço de um dia aqui no blog, decidi fazer uma resenha 2 em 1, que tal? Os dois livros escolhidos são especiais para mim, dois livros que gosto muito e que me ensinaram bastante. São eles A Mala de Hana (Karen Levine) e Escondendo Edith (Kathy Kacer). Eles fazem parte da série Holocaust Remembrance: Series For Young Readers, que são livrinhos que contam histórias reais de crianças no Holocausto.

Que tal começar por A Mala de Hana?

A Mala de Hana é, sem dúvida, o livro mais triste entre os dois. Ter lindos olhos azuis e cabelos louros encaracolados não livrou a pequena Hana Brady de sofrer nas mãos dos nazistas. Simplesmente por serem de origem judaica, sua família inteira foi deportada para campos de concentração. Como se fosse um romance, acompanhamos a trajetória da pequena menininha tcheca, desde os anos felizes até os anos mais sombrios. Do que ela gostava, do que não gostava, das felicidades que teve ao lado da família e das lágrimas que derramou ao longo da guerra. É, sem dúvida, um livro muito triste, mas é essencial, sem sombra de dúvida.

Outro ponto interessante desse livro é que, paralelamente à história de Hana, outras duas histórias são contadas: a de uma jovem em Tóquio, no Japão e um senhor idoso, nos dias de hoje, no Canadá. O que essas três pessoas têm em comum? Só lendo para descobrir. Apenas adianto que você irá se emocionar com a história de Hana e com os esforços da jovem japonesa para descobrir quem era a dona de uma bela mala com estampa de bolinhas.

Já Escondendo Edith é um livro diferente. Edith era uma menina austríaca que fugiu do país com a família logo após a ascensão de Hitler. Fugiram para a Bélgica. Lá os nazistas também chegaram e foram obrigados novamente a partir, dessa vez para a França. Mas o sofrimento deles não teve fim, pois pouco tempo depois os nazistas também marchavam sobre a França.

O livro possui esse nome porque Edith foi obrigada a se separar da família para se esconder com uma família que abrigava inúmeras outras crianças judias num orfanato. É, sem dúvida, um livro que vai te encantar e te emocionar. Principalmente pela coragem das pessoas que esconderam Edith e inúmeras outras crianças, salvando-as de um terrível destino nos campos de extermínio.

Esses dois livros, que fazem parte da série Holocaust Remembrance, são dois ótimos livros para quem quer começar a compreender um pouco mais sobre o Holocausto, principalmente para as crianças. Os livros não são demasiado extensos, possuem uma linguagem acessível e várias fotos ao longo das páginas, ilustrando o que está sendo narrado. Eu mesma tive meu início com esses livros e também com “O Diário de Anne Frank”.

Recomendo para todos, sejam crianças, jovens, adultos ou idosos. Nunca é tarde para aprender, pensar, refletir e se emocionar.

2 comentários:

  1. Emocionante... sua resenha foi simples e emocionante!

    Parabéns e com certeza irei lembrar desses livros !!

    um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha foi linda, me senti como se já estivesse lendo o livro.
    Esses livros devem ser muito bons.
    E com certeza, eles já são desejados por mim!
    Beijos

    Gabi Uchôa
    http://opadezoitoanos.blogspot.com/

    ResponderExcluir